O "bispo Malandro"



Dom Eusébio, o último cardeal do Rio, diferente de Dom Eugenio Salles, nunca recebeu o Senador Crivella.
Nem quando o senador solicitou audiência para ser recebido junto com o Vice-Presidente.
Em 2004, quando disputou contra o Prefeito César Maia, o desprezo do cardeal pela sua candidatura foi indisfarçável.
César começou sua campanha sendo recebido pelo cardeal levando um cheque de cerca
de 300 mil reais e o encontro foi fotografado e publicado com destaque pelos jornais O Dia e O Globo.
Dom Eusébio retribuiu o presente chamando o Senador Crivella “de bispo malandro”. No domingo da eleição, no programa das seis da manhã da Rede Globo, Santa Missa em Seu Lar, ele afrontou a santidade do altar tranformando-o em palanque eleitoral dos interesses do seu candidato e reiterou o pedido de voto a Cesar Maia e novamente recomendou que não votassem no bispo malandro. Crime eleitoral inafiançável. Não havia como ele se defender. Mesmo tendo a fita gravada, prova inapelável do crime, o senador, para dar a outra face, como ensinou Jesus,não permitiu que os advogados do partido abrissem processo na justiça eleitoral. Preferiu ser pacificador.
Na eleição de 2006 para governo do Rio, Jandira Feghali, com a fúria legítima dos indignados, iria invadir com oficiais de justiça a arquidiocese do Rio para conter a militância ilegal do cardel. O Senador Crivella preferiu ficar calado.
Nessa última eleição de 2008, o cardeal trouxe uma benção do Papa para Eduardo Paes que como Cesar Maia anteriormente fizera, manipulou desavergonhadamente o ódio do cardeal contra o Senador Crivella. O cardeal publicamente proibiu que Dom Eugênio Salles tornasse recebê-lo.
Agora ele se despede num melancólico crepúsculo de uma vil e apagada tristeza. Enquanto o Senador Marcelo Crivella está no Morro da Providência ajudando os pobres (veja foto de uma das casas entregue pelo Cimento Social), o cardeal e seu padre ecônomo são desmascarados por seu sucessor e em todas as primeiras páginas dos jornais denunciado-os por terem feito uma gastança conspícua, perdulária, faustosa e milionária com dinheiro sagrado das ofertas que deveriam ajudar os pobres. Que Deus tenha misericórdia deles. Mais uma vez se cumpre o que Jesus ensinou: os humilhados serão exaltos mas os que se exaltam serão humilhados.
FICA ENTÃO UMA PERGUNTA:
Quem é o bispo malandro?

NOTA DOS EDITORES:
A Folha Republicana parabeniza o povo do Rio de Janeiro por ter o Senador Marcelo Crivella como seu representante no Congresso Nacional.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s