Marcelo Crivella pede que Mesa responda a denúncias publicadas pela imprensa carioca


PLENÁRIO / Pronunciamentos
08/07/2009 – 22h42

Em discurso nesta quarta-feira (8), Marcelo Crivella (PRB-RJ) pediu que a Mesa responda a diversas denúncias contra o Senado e senadores publicadas desde o dia 4 de março de 2009 nos jornais do Rio de Janeiro. Ele citou as seguintes denúncias da imprensa carioca e pediu satisfações da Mesa:

– Existência de 37 funcionários fantasmas entre os 337 contratados pelo Senado através da empresa Ipanema;

– Nepotismo praticado por diretores do Senado que se valeram das empresas Servegel e Aval para contratar parentes;

– Senado abrigava injustificadamente 136 diretorias;

– A servidora Elga Maria Teixeira Lopes teria trabalhado em campanha eleitoral sem se licenciar e recebendo pelo Senado;

– A Casa mantinha 17 comissões integradas por cinco a dez funcionários pagando a cada um adicionais de R$ 1 mil a R$ 2.064;

– Senado mascarou dados sobre gastos com saúde, inflando número de funcionários para camuflar a despesa real unitária;

– Diretor-geral postergou a realização de concursos públicos para multiplicar o número de cargos comissionados;

– Funcionária Eliane Maria de Jesus, recebendo vencimentos pelo Senado, prestava serviços a órgão do Executivo;

– Senado teria 3.516 servidores terceirizados, mais que o dobro dos funcionários de carreira, devido à postergação de concursos públicos;

– Ex-diretor de Recursos Humanos João Carlos Zoghbi usou sua ex-babá como laranja para criar empresa de empréstimos consignados;

– Existência de mais de 500 atos secretos;

– Amauri de Jesus Machado, funcionário do Senado, prestava serviços particulares à governadora Roseana Sarney;

– Servidora que recebia pelo Senado residia há dois anos nos Estados Unidos;

– Manutenção de conta bancária atípica na Caixa Econômica com saldo de R$ 3,7 milhões e

– Diretor do Senado Sebastião Fernando Neves manteve parentes em empresas terceirizadas para prestar serviços à Casa.

Crivella pediu que a Mesa responda a cada uma das denúncias, dizendo se são verdadeiras ou falsas e, caso sejam verdadeiras, quais as providências que foram adotadas caso a caso. O senador disse ainda que levará ao conhecimento da população do Rio de Janeiro as respostas da Mesa.
Da Redação / Agência Senado

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s