Bateau Mouche e desabamentos e mortes no Rio e em Angra.Onde estão as autoridades?

Rubens Teixeira, cidadão carioca, declara sua indignação ao descaso das autoridades do Rio de Janeiro e suas posturas.
Até à tarde de hoje, 31 de janeiro, enquanto o governador Cabral e o seu apadrinhado político, prefeito Eduardo Paes, com seus amigos, certamente moradores da Zona Sul ou Barra, preparam-se para as suas confraternizações, e torcem para que a tal entidade que possui falsos poderes espirituais sobre a natureza impeça a chuva no momento das explosões dos fogos, em Copacabana, a imprensa noticiou que no Estado do Rio de Janeiro 19 pessoas morreram, 70 ficaram feridas, 200 desalojadas, 550 desabrigadas por conta das enchentes. Todos os mortos eram pobres. Nenhum rico foi afetado. Talvez por isso não haja consternação. Afinal de contas, clamar pelo socorro de uma entidade do mundo invisível para tentar preservar as comemorações é Charlatanismo ou (má)fé!
Acessem: www.rubensteixeira.com.br


http://www.youtube.com/get_player

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s