A distribuição dos royalties e sua interferência política.

O Brasil é um país rico em recursos minerais, cada região potencialmente desenvolve sua atividade econômica e contribui efetivamente com a União e essa sucessivamente com os demais municípios de acordo com a necessidade de cada um.

Ao se tentar alterar esse ciclo coloca-se em risco iminente o desenvolvimento não somente de alguns Estados mais de toda Nação. É como se tirássemos o direito do agricultor de colher sua safra.

Como representante eleito pelo povo campista e ciente de que uma possível interrupção abrupta dos recursos fornecidos ao município, através da exploração do petróleo em nossas terras é uma agressão, visto os impactos econômicos e sociais que afetariam diretamente os munícipes.

Quando falamos em “royalties” é preciso um entendimento que não estamos nos referindo a um bônus, e sim a uma compensação. Que na maioria das vezes não é suficiente para suprir os danos ambientais sofrido nas regiões exploradas, nesse caso os Estados e Municípios produtores de petróleo.

Não se trata de favoritismo o que está em pauta é uma articulação política que não avalia os critérios e fere à Constituição Brasileira e pondo em risco o estado democrático do direito. E é por isso que levanto essa bandeira e digo: “NÃO A REDISTRIBUIÇÃO DOS ROYALTIES DO PETRÓLEO”.

Blog Vereador Vieira Reis

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s