Expedição de brasileiros mede as radiações na região do terremoto.

Por Pequenas Cousas do Japão

Expedição mediu os níveis de radiação ao longo da rodovia Tohoku.




Dois brasileiros foram verificar ¨in loco¨ os níveis de radiação na região do terremoto.
Com tantos boatos e pânico generalizado dos brasileiros mal informados pela mídia ¨maria vai com as outras¨ , Hidekichi Hashimoto (sim, o homem da NNBJ-Rede Furada) e Roberto Tongu  percorreram entre os dias 13 e 17 de março 400 km entre Gunma e Iwate usando um contador Geiger modelo Rade RD1503

Nesse gráfico abaixo, mostra a distância dos pontos de medição do mapa acima da usina de Fukushima que explodiu e soltou material radioativo:

No gráfico abaixo registra a radiação medida no contado Geiger:

A conclusão óbvia é que quanto mais perto da usina o nível de radiação é mais elevado, mas o valor máximo registrado de 1 micro sievert/h  equivalente a 8760 micro sievert/ano ainda é menor do que registrado nas praias de Guarapari no Brasil que é de 10000 micro sievert/ano.

Os resultados  e as conclusões da expedição ¨radioativa¨  podem ser acessados no site web-town.org que comenta também uma matéria feita pelo portal G1 sem nenhuma apuração, de um casal  dekassegui  fugitivo da radiação.


O web-town.org  conclui dizendo  que  ¨jornalistas e blogueiros são ruins de Geografia, Matemática e Economia, mas bons em Português e Fofoca.¨


A única coisa que Pequenas Cousas é ruim é em Português.


Fofoca ele não faz, como diria Nelson Rubens:

¨EU  AUMENTO, MAS NÃO INVENTO¨

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s